Quais são as principais restrições alimentares?

Você costuma convidar amigos e familiares para comerem em sua casa, seja em um jantar especial, um almoço de domingo ou uma tarde de lanches? Então precisamos falar sobre restrições alimentares.

Antes de escolher o cardápio, é muito importante que você saiba se os seus convidados têm alguma alergia ou intolerância a algum alimento, pois isso evita muitas situações embaraçosas e até mesmo problemas mais sérios – afinal de contas, uma comida pode tanto atenuar quanto agravar certos sintomas de problemas de saúde.

Para começo de conversa, saiba que existem diferenças de restrições alimentares. Quando uma pessoa é alérgica a determinado tipo de alimento ou ingrediente que o compõe, quer dizer que o sistema imunológico reconhece esse nutriente erradamente e o trata como um agressor ao organismo. Já a intolerância alimentar ocorre quando o organismo não consegue digerir determinado nutriente presente no alimento.

Bom, entendida essa diferença, vamos aos principais tipos de restrições alimentares:

1. Glúten

O glúten é um composto de proteínas presentes em diversos alimentos, como o trigo, a aveia, o malte, a cevada e outros cereais. Quando a pessoa tem o glúten como uma de suas restrições alimentares, ela pode ser portadora da doença celíaca, que se caracteriza pelo glúten dificultar a absorção de vários nutrientes essenciais para o corpo.

Portanto, se um convidado é celíaco ou tem alguma sensibilidade ao glúten, você não pode oferecer a ele nada que contenha esse tipo de ingrediente – aliás, cuidado para que esse convidado não seja exposto a locais que possam conter traços de glúten, pois isso também pode desencadear as reações.

2. Lactose

A lactose nada mais é do que o açúcar do leite e de seus derivados, e é uma das restrições alimentares mais comuns nas pessoas.

Quando uma pessoa for intolerante à lactose, corte do cardápio receitas que levam leite e derivados (como queijos e iogurtes) em seus ingredientes, pois essa intolerância quer dizer que o organismo dela não consegue digerir a lactose por falta de uma enzima chamada lactase – e isso pode lhe causar diversas reações, incluindo desconfortos gastrointestinais.

Já quando o seu convidado for alérgico a leite, quer dizer que ele é alérgico às proteínas presentes no leite e seus derivados – e essa condição também requer uma atenção especial.

3. Açúcar

O açúcar é outra das restrições alimentares mais comuns da atualidade e esse ingrediente pode desencadear doenças sérias, como a obesidade e o diabetes – e este último se divide em dois tipos:

  • no Diabetes tipo 1, o pâncreas para de produzir a insulina, que é um hormônio produzido por ele e que tem a função de metabolizar o açúcar no sangue – a glicose – para produzir energia;
  • e no Diabetes tipo 2, a produção de insulina é diminuída pelo pâncreas ou não é bem aproveitada. Esse tipo de diabetes é mais comum em adultos acima de 40 anos.

Portanto, se alguém entre seus convidados for diabético, retire do cardápio receitas que contenham açúcar ou carboidratos de alto índice glicêmico, que aumentam a taxa de glicose do sangue.

4. Soja

A soja é outra das restrições alimentares comuns entre as pessoas, pois contém uma proteína que pode causar alergia.

Sendo um produto transgênico, a soja está presente em muitos produtos industrializados, e, por isso, é preciso examinar os rótulos dos alimentos com atenção e evitar construir um cardápio com esse ingrediente, caso haja algum alérgico entre os convidados.

5. Ovos

Pessoas alérgicas às proteínas presentes na clara do ovo também precisam ter atenção especial, já que uma parte considerável das receitas leva ovos como um dos ingredientes. Isso porque, dependendo do menu, o ovo pode dar estrutura, cor e volume.

Nesse caso, saiba que existem várias receitas que substituem os ovos por outros ingredientes que cumprem as mesmas funções, tais como linhaça, chia, purê de maçã, banana, etc.

6. Frutos do mar

Por fim, temos os frutos do mar, que também são alimentos que causam restrições alimentares. Eles são divididos em dois tipos: os crustáceos – caranguejo, camarão, lagosta e lagostim – e o segundo tipo composto pelas ostras, pelos moluscos e pelas lulas.

De uma forma geral, pessoas alérgicas a um determinado fruto do mar também podem ser alérgicas a outros, mas cada caso precisa ser avaliado individualmente. Mas, é muito importante que você saiba exatamente se os seus convidados podem ingerir frutos do mar ou se existem proibições.

Bom, esses foram as principais restrições alimentares para você conhecer e perguntar aos seus convidados se eles têm alguma. O importante, afinal de contas, é que seja elaborado um cardápio onde todos possam consumir juntos e desfrutarem de momentos agradáveis. Portanto, quando for comprar os ingredientes no supermercado, preste atenção nos ingredientes do seu menu.

Compartilhe esse post em suas redes sociais para advertir aos seus amigos que também gostam de reunir pessoas em volta de uma bela mesa de refeição. Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu