5 bebidas para combinar com a culinária servida

Quando comemos e bebemos em um cardápio que tem sintonia, parece que o nosso paladar se expande, não é mesmo? Por isso, existem bebidas para combinar com a culinária servida que são excelentes formas de se realçar o sabor dos alimentos e proporcionar uma verdadeira festa para o paladar.

E já que estamos falando sobre harmonização, separamos neste artigo algumas dicas de bebidas para combinar com a culinária que você costuma preparar em casa, seja para refeições formais ou informais. Você vai perceber que realmente elas fazem toda a diferença com os pratos certos.

1. Vinho

O vinho é uma das primeiras bebidas que são lembradas em ocasiões especiais, não é mesmo? Por sua enorme diversidade, porém, geram muitas dúvidas na hora de escolher as opções certas para determinados pratos.

Então, eis algumas dicas de harmonização:

  • Vinho tinto seco: combina muito bem com massas ao molho de ervas ou de tomate. Quando o vinho for mais encorpado, ele fica perfeito com carnes assadas e queijos brancos (como o brie, por exemplo).
  • Vinho branco: a palavra-chave é frutos do mar para garantir uma boa harmonia.
  • Vinho rosé: esse vinho combina bem com entradas (exceto com peixes e carnes gordas), além de frango assado, massas italianas e carnes grelhadas.
  • Espumante: por ser leve e refrescante, é uma bebida perfeita para entradas, saladas e aperitivos de frutos do mar. Também sirva junto com peixes crus e grelhados mais leves.
  • Champanhe: perfeito para harmonizar com canapés, caviar e todos os queijos. Para as sobremesas e doces em geral, escolha os demi sec, por serem levemente adocicados e com menor acidez.

2. Cerveja

Uma bebida muito consumida pelos brasileiros, a cerveja também é uma das opções de bebidas para combinar com a culinária servida – e, nesse caso, requer uma atenção por conta de seu nível de amargor.

Além de harmonizar perfeitamente com um churrasco com a família e os amigos, eis algumas sugestões de harmonização levando em conta alguns tipos de cerveja:

  • Cerveja Pilsen: são as mais leves do mercado e combinam bem com queijos e pratos preparados com , camarão e nozes.
  • Cerveja Stout e Porter: são cervejas escuras e que possuem notas de café e chocolate, portanto, excelente para sobremesas e doces em geral.
  • Cerveja Weiss: é a cerveja de trigo típica da Alemanha e harmoniza muito bem com saladas e comida mexicana.

3. Cachaça

As bebidas destiladas, como a cachaça, também são excelentes bebidas para com binar com a culinária. Aliás, a cachaça é tipicamente brasileira e reconhecida internacionalmente como uma bebida de qualidade.

Portanto, eis algumas dicas de harmonização:

  • Cachaça branca leve: sirva com os aperitivos, como saladas, ostras, torresmo, caldos e canapés, além de sobremesas (como o doce de leite) e frutos do mar.
  • Cachaça branca média e encorpada: harmonize com frutos do mar, peixes, sopas, saladas, mariscos, lagostas e queijos.
  • Cachaça envelhecida leve: perfeita para se degustar com carne vermelha, aves, cozidos, assados e com uma feijoada.
  • Cachaça envelhecida média e encorpada: combine com aves, carne vermelha, peixes, camarão, lagosta e sobremesas (como tortas e bolos).

4. Sucos naturais

Para quem não consome álcool, os sucos naturais são ótimas bebidas para combinar com a culinária servida, seja na entrada, em almoços, lanches ou jantares. E uma dica: tente não adoçar exageradamente, para que o gosto da fruta se sobressaia, combinado?

Alguns exemplos de harmonizações:

  • Suco de caju: combina muito bem com peixes.
  • Sucos de amora e morango: como costumam ser adoçados, harmonize com carne branca grelhada.
  • Limonada suíça: é perfeita para realçar o sabor das comidas muito condimentadas, como as mexicanas.
  • Sucos de laranja e de abacaxi com hortelã: além de ajudarem no processo digestivo, combinam muito bem com carne vermelha.

5. Café

E por que não fecharmos essas dicas com chave de ouro – e um bom cafezinho? Afinal, ele é forte na cultura brasileira e pode nos remeter a boas lembranças e bons momentos vividos, não é mesmo?

Uma de harmonização com café é que, como ele é uma bebida de natureza ácida, deve ser servido com alimentos que contrastam para que nenhum estímulo sensorial se sobreponha ao outro.

Alguns exemplos de combinação:

  • Café com pão de queijo: confira algumas receitas aqui.
  • Café com queijos: experimente combinar com provolone curado, creme de ricota e o gorgonzola.
  • Café com barra de chocolate ao leite.
  • Café com sobremesas, como tortas e bolos.

Viu só? Existem bebidas para combinar com a culinária para todos os gostos! Agora é só definir o cardápio, preparar a lista de compras e se deliciar na degustação! E lembre-se: se beber, não dirija.

Quer ficar por dentro de mais dicas como essas? Então curta a nossa página no Facebook e ative as notificações. Até a próxima!

Deixe uma resposta

Fechar Menu